PLANO DE VIDA X PLANO DE CARREIRA: como conciliar

PLANO DE VIDA X PLANO DE CARREIRA: como conciliar

Cada vez mais ouvimos as pessoas e empresas falando sobre a importância do trabalho com significado, do propósito, de gerar impactos e contribuições através do trabalho, projetos que fazemos parte. Mas o que isso de fato quer nos chamar a reflexão? Vamos falar sobre isto e especialmente sobre como conciliar plano de vida e plano de carreira.

TRABALHO FAZ PARTE DA VIDA

Um primeiro ponto que é fundamental lembrarmos é que o trabalho é uma dimensão da nossa vida. Vida e trabalho não são coisas separadas. Você não é mais de uma pessoa. Você é um ser único, que vive dimensões de vida e existência de forma integrada, sendo o trabalho uma destas dimensões.

Porém vivemos numa sociedade que supervaloriza o foco no trabalho, na performance, nos resultados através do trabalho, de que pessoas de sucesso necessariamente trabalho 12h ou mais horas por dia e que focam somente nesta esfera de vida.

Mas isto é uma distorção, totalmente disfuncional, que vem adoecendo física e psicoemocionalmente milhares de pessoas, já que somos seres que temos múltiplas dimensões e necessidades.

Veja nesta imagem que mostra as 5 dimensões do ser que precisamos promover e fazer florescer na nossa jornada:

 

“QUANDO EU …AÍ EU PODEREI…”

Se o trabalho é uma dimensão da nossa vida, então, como podemos estruturar um plano de carreira conciliando com o plano de vida? Esta pergunta surge exatamente porque não estamos habituados a pensar nossa vida como um todo, e para muitas pessoas simplesmente parece estranho pensar nesta pergunta. Porque estão automatizadas a focar no trabalho, a priorizar o trabalho e aquele velho pensamento “quando eu me aposentar”, ou “quando eu conseguir meu primeiro milhão”, ou mesmo “quando eu for reconhecido profissionalmente” ou “quando eu comprar meu apartamento e meu carro…, aí eu poderei focar na vida pessoal”.

Como podemos ver, estes pensamentos simplesmente fazem a gente viver focado numa perspectiva de trabalhar, direcionar esforços, para algo que está no nível das idéias, de hipóteses futuras que poderão se concretizar ou não, afinal, é simplesmente irreal a ideia de que podemos controlar todas as variáveis da nossa vida e que os planos sempre podem sair como os imaginamos.

Este movimento seriamente contribui para os altos índices de pessoas com sérias dificuldades de lidar com frustrações, dificuldades de regulação emocional, índices cada vez mais alarmantes de quadros de depressão, burnout, ansiedade e suicídio. Isto porque tal mentalidade estimula a criação de muitas expectativas, que poderão ou não serem concretizadas (o famoso meme “expectativa x realidade” representa bem isto) e dificulta o experienciar do presente, do aqui e agora, do como a vida real se mostra a cada instante.

CICLO DA REALIDADE

O fato é que é preciso lembrar do conceito de ciclo da realidade. Este conceito nos faz refletir que, antes de fazermos, de entrarmos em ação, é preciso termos clareza de quem queremos SER. Veja a imagem abaixo sobre como se estrutura o ciclo da realidade:

Quando primeiro pensamos o que queremos SER, estamos direcionando o nosso mental a pensar num senso de IDENTIDADE e numa VIDA COM SENTIDO. E naturalmente começamos a estruturar pensamentos que geram motivos para estruturarmos objetivos, metas, para entrarmos em ação, ou seja, uma congruência cognitiva e comportamental, isto é, pensamento congruente com atitude direcionado ao que se estruturou de mentalidade, de sentido de vida. Isto faz toda a diferença na estruturação de um plano de vida e de carreira bem alinhados, conciliados, contribuindo fortemente para melhor lidar com eventuais mudanças de rotas e frustrações.

CLAREZA PARA SER>>FAZER>>TER>>REALIZAR

Em suma, é preciso termos clareza do que queremos SER, para podermos FAZER ações congruentes com este sentido de existência, de viver. Daí ao entrarmos em ação, ao fazer o que precisa ser feito, nós chegamos no TER, ou seja, nos retornos e resultados das ações que fizemos e por fim alcançamos o REALIZAR, que é o senso de realização com o que desejamos ser, com o que fizemos ao longo da jornada, com as conquistas e resultados, tudo isso alinhado, congruente, contribuindo para a sensação de felicidade, plenitude, vida com sentido.

PROPÓSITO E CONTRIBUIÇÃO

E a história de que começamos falando sobre trabalho com sentido, propósito, contribuição?  Exatamente entra nesta mesma lógica. Quando falamos sobre trabalho com sentido estamos trazendo esta lógica de criar uma congruência entre o trabalho, o negócio e quem faz ele acontecer. Naturalmente o propósito vem como o sentido que se espera deste trabalho, o por quê trabalhar e para quê trabalhar, o por quê e o para quê de um negócio existir, gerar serviços, produtos. E a contribuição por trás de tudo isso se conectar com o incluir as pessoas, a comunidade, o meio ambiente, ou seja, qual impacto positivo e responsabilidade social se deseja gerar para construir um mundo melhor para se viver, preservar os recursos que hoje e contribuir com inovações para as gerações futuras.

E para concluir nossa reflexão de hoje, convido você a pensar o que você quer ser neste novo ano que está chegando. Procure visualizar a pessoa que você quer ser, como estará, quais sensações, emoções quer sentir, quais relações quer viver, construir, fortalecer, seja com você com outras pessoas, com os grupos e comunidades que você faz parte. Visualize o que você fará para estar alinhado com quem você quer ser, em todas as esferas de vida, incluindo seu trabalho, seu negócio.

A partir daí construa e/ou atualize o seu plano de carreira a partir desta ótica de quem você quer ser. E vá construindo uma rota do que você precisa fazer nos próximos 12 meses, 2 anos, 5 anos, 10 anos, 15 anos, 20 anos na sua jornada profissional para ser quem você quer ser e gerar as contribuições e impactos positivos no seu raio de ação a partir do seu trabalho. Fazendo isso você construirá um plano de carreira alinhado com sua vida, seu sendo de identidade, seus valores, seu propósito. Experimente fazer diferente neste novo ano que está se aproximando.

 

PS: Se precisar de ajuda, é só entrar em contato que fazemos esta rota de ação juntos em sessão.

Coach de Carreira, Psicóloga
MAMTRA – Programa de Coaching de Realização Pessoal e Profissional
11 97664-1629
contato@mamtra.com.br

Sucesso é SITUACIONAL

Sucesso é SITUACIONAL

Muitas pessoas chegam ao meu consultório extremamente sofridas e uma frase que se repete muitas vezes nos atendimentos é : “Fracassei, não sou uma pessoa de sucesso. Eu queria muito alcançar o meu sucesso.”

Sucesso: definições

Mas…o que é Sucesso? Aliás, se você fizer uma rápida pesquisa você poderá encontrar alguns muitos e diferentes significados, como estes abaixo:

  • “Resultado feliz, êxito, acontecimento, fato, ocorrência, aquilo que sucede” (dic. Aurélio)
  • “Sucesso é quando você se sente bem consigo mesmo, com sua decisões (…) Não significa apenas alcançar metas, mas sentir prazer nisso.” (Richard Shell)
  • “O sucesso vem para aqueles que estão muito ocupados para ficar procurando por isso.” (Henry David Thoreau)
  • “Não vou olhar se meu concorrente é melhor ou pior. Eu tenho que fazer uma reflexão: o que está faltando de mim?” (Chieko Aoki)
  • “O sucesso é o filho da audácia.” (Benjamin Disraeli)
  • “O único ingrediente mais importante na fórmula do sucesso é saber como se relacionar bem com as pessoas.” (Theodore Roosevelt)
  • “O sucesso é mensurado não pela posição que uma pessoa alcança, mas pelos obstáculos que ela teve que vencer.” (Booker T. Washington)

Cada um tem o seu

Pois bem, quero que de cara você perceba que o Sucesso não tem uma única definição. E o fato de existirem múltiplas definições permite você conectar com o fato de que cada uma destas pessoas acima, figuras tidas pela sociedade como influentes, decisões e homens de sucesso, criaram a SUA definição de Sucesso. Ou seja, é muito importante que você RECONHEÇA qual a SUA definição de Sucesso.

Mas muito bem, vou destacar aqui a última definição que propus acima para nossa reflexão, a do Booker T. Washington, em que ele fala estar o Sucesso não na posição que você chega, mas sim nos obstáculos que você supera.

Quais desafios você já superou ou enfrentou?

Se você parar 1 minuto apenas para pensar “Quais obstáculos eu enfrentei ou superei na minha jornada pessoa e profissional até aqui desde que nasci?”, tenho certeza que você vai listar vários: nascer, aprender a se alimentar, aprender a expressar suas necessidades, sentar, aprender a andar, aprender a falar, interagir com outras pessoas, outros seres, aprender a se posicionar no mundo, fazer amigos,  apaixonar-se, conquistar seu amor, fazer sexo,  fazer uma ou várias escolhas profissionais, enfrentar doenças, trabalhar, sair de casa, destacar-se no que você faz, casar,  ter filhos, vivenciar ser pai ou mãe ou os 2 ao mesmo tempo, fazer faculdade, pós, e outros cursos, estudar idiomas, ver seus filhos saírem de casa, envelhecer, lidar com limitações, morte de amigos, irmãos, pais e por fim a sua própria morte. Para ilustrar tudo isso, deixo aqui este vídeo que rodou pelas redes sociais esta semana:

Sucesso é Situacional

Este vídeo foi em verdade meu ponto de partida para escrever este artigo de hoje. Pesquisando material lúdico para trabalhar com alguns clientes o conceito de Sucesso, este vídeo chegou a mim no momento certo quando eu queria exatamente que eles se conectasse com o conceito SITUACIONAL de Sucesso.

Como vocês viram, tanto no vídeo como na lista de desafios, costumamos enfrentar múltiplos momentos difíceis, de passagem, para novas etapas e degraus do nosso processo evolutivo, na nossa jornada pessoal e profissional. E aí eu pergunto a você:

  • Faz mesmo sentido pensar que você não é uma pessoa de sucesso?
  • Faz mesmo sentido dizer que você nada realizou ou conquistou até aqui?
  • Faz mesmo sentido você continuar afirmando para você, para os outros e para o mundo que você é um fracassado e nada fez até aqui?
  • Será que isto condiz com sua jornada?
  • O que você reconhecer de aprendizado que você teve com todos os seus momentos de superação?

Eu lanço estas perguntas para que você quebre agora mesmo este paradigma dentro de você. E perceba que ele é muito mais uma verdade que você se conecta e que você assumiu como verdade para você até aqui, mas que a partir de hoje, com esta reflexão, você pode passar a RECONHECER SEUS SUCESSOS, e continuar sua caminhada de forma mais SERENA, PRESENTE e JUSTA frente aos seus APRENDIZADOS.

Propus esta reflexão para que você perceba, como disse o Booker T Washington, que O SEU SUCESSO está na SUA JORNADA de SUPERAÇÕES em cada 1 delas, no seu CAMINHO. Ou seja, O SUCESSO É SITUACIONAL, ele ACONTECE em VÁRIOS MOMENTOS DA SUA CAMINHADA, exigindo de você MOBILIZAR FORÇAS, ENERGIAS, TEMPO, ESTUDOS, DEDICAÇÃO, APRENDIZADOS, TÉCNICAS e OUTROS RECURSOS para SUPERAR aquele OBSTÁCULO MOMENTÂNEO que ali se apresenta diante de você. E momentâneo para uns podem ser horas, para outros meses ou anos.

 

Coach de Carreira, Psicóloga
MAMTRA – Programa de Coaching de Realização Pessoal e Profissional
11 97664-1629
contato@mamtra.com.br